domingo, 19 de novembro de 2017

The Zohar –– Pritzker Edition, Volume 8 (Book review)




Title: The Zohar –– Pritzker Edition, Volume 8
Published by: Stanford University Press
Translation and Commentary by: Daniel C. Matt
Manufactured: United States of America
Language: English
Binding: Hardcover
Pages: 608
Official Website: 
http://www.sup.org/zohar/

Direct Link to Volume Eight http://www.sup.org/books/title/?id=23677

I would like to start this review by pointing out that this is a very serious translation of the Zohar, an elaboration that took years of work and research on the part of Daniel C. Matt and his team of several scholars who have spared no effort to give the greatest number information of each passuk, each parashah, bringing reliable sources. Nowadays, there are many non-Jews readers interested in studying Kabbala, in this The Zohar edition people will have a basic and advanced notion of The Zohar; many people continue buying books from authors “lacking full knowledge about Torah Kabbalah”, so there is a suggestion to get books published by scholarly authors such as Daniel C. Matt and ask questions directly to orthodox Rabbis - The Zohar is a holy book of great holiness, bringing the hidden wisdom, these comments are a good help for understanding (within the spiritual level of each person), of course, even if the study of Kabbalah is forbidden, but as we all know, it is easy to find in stores and on the internet many books on Kabbala and the Zohar. The best I can do is recommended you consult a Rabbi [tzaddik] to learn about such wisdom.

What is relevant is the translation of the Aramaic / Hebrew and also the careful and impressive production of the Academic Committee more than 20 professional in this work and the excellent design of STANFORD UNIVERSITY PRESS.

This volume of The Zohar Pritzker Edition, Volume 8 consists of commentary on the end of Leviticus and the beginning of Numbers. We can study the Idra Rabba section. This fantastic edition of The Zohar not only presents an accurate translation of the text, but also an interpretation with insights, more accessible.The Aramaix text is available on the Website of Stanford University Press.

Brilliant expositions on complex subjects rendered easy by Daniel C. Matt, his wonderful ability to transmit profound ideas is amazing.

You can order this book directly from the publisher.

ABOUT THE AUTHOR:
Daniel C. Matt is a leading authority on Jewish mysticism. For over twenty years, he served as Professor of Jewish Spirituality at the Graduate Theological Union in Berkeley, California. He has also taught at Stanford University and the Hebrew University in Jerusalem. He has published following books: The Zohar: Pritzker Edition, Volume One and The Zohar: Pritzker Edition, Volume Two Zohar: The Book of Enlightenment; Zohar: Annotated and Explained; The Essential Kabbalah; and God and the Big Bang: Discovering Harmony between Science and Spirituality as well as new editions of The Zohar. 


Reviewed by: Gilson Sasson.


sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Poster da Oração ASHER YATZAR e 2 CD’s com Lições de Torá



B”H

Shalom!

O Jornal Mitsvá ficou no compromisso de distribuir para a comunidade Judaica no Brasil e para com os gentios que estão estudando a Torá 1 Poster da oração ASHER YATZAR e 2 CD’s com Lições de Torá do Rabino Yaron Reuven, os audios são gravados em Inglês no formato mp3’s. Mais de 30 aulas. O envio é Gratuito!



Confirme o seu endereço e nome para que eu possa enviar pelos Correios. Nos informe vosso endereço de contato conforme como é de conta de luz, água.



Se você desejar receber, mande a informação por Email ou inbox no Facebook. Obrigado!


Gilson Sasson
Jornal Mitsvá
Email: journalmitzvah@gmail.com

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Rabi Yitzchak Luria, Apples from the Orchard [resenha do livro]



APPLES FROM THE ORCHARD / Colheita dos ensinos místicos de Rabi Yitzchak Luria—O ARIZAL—Sobre a porção semanal da Torá.

Capa dura,1070 páginas. Tradução e comentários do Rabino Moshe Wisnefsky. Publicado por Thirty Seven Books.

B”H, nós temos uma grande obra de Torá baseado pelos ensinamentos místico do santo Arizal, de abençoada memória, o maior mestre sábio professor da Cabalá.

Agradeço o Rabino Moshe Wisnefsky e a Kabbala Online Shop de Safed por ter gentilmente enviado este belo exemplar para o Jornal Mitsvá realizar a resenha. Que muitas bençãos caiam do Céu à vocês e a todo Israel. Essa foi uma oportunidade especial para eu estar recebendo um livro com a sabedoria do ARI o qual é a figura central da Cabalá.

A preocupação de Rabino Moshe Wisnefsky foi apresentar os ensinamentos com explicações interpoladas que esclarecem a prosa discreta do texto original e um comentário que mostra como esses ensinamentos às vezes abstrusos podem ser aplicados ao cotidiano relevante tanto para alunos avançados quanto iniciantes da Cabalá. Ao contrário que podemos pensar, é um estudo complexo e muito profundo da Torá o qual ao mesmo tempo Rabino Moshe Wisnefsky teve o cuidado de decodificar e gerar notas e referências que aos poucos poderemos  compreender os ensinos elevados do ARI. O desenvolvimento de puridade e santificação perssoal é importante nestes estudos e para servir Hashem. “Como descrito pelo sábio Rabi Moshe Hayyim Luzzatto; Nós vemos que a Torá espera que nós mantemos um padrão extremamente elevado, devemos ser puros e limpos em pensamento e comportamento”.

Entre os mais fascinantes dos ensinamentos do Arizal estão as suas exposições sobre a própria Torá. Usando os métodos clássicos de interpretação rabínica (com ênfase marcada em gematria, os valores numéricos das palavras), o Arizal desenrola diante de nós uma dimensão oculta das histórias e leis da Torá, mostrando como refletem a dinâmica interna da realidade e como nosso conhecimento e observância da Torá é crucial para o bom funcionamento da criação.

Este livro é uma coleção dos ensinamentos do Arizal sobre a dimensão mística das histórias e leis na Torá. O Arizal nunca escreveu um comentário sobre a Torá per se. A presente antologia é retirada de várias obras do Rabino Chaim Vital, principalmente Sha'ar HaPesukim, Sefer HaLikutim e Likutei Torah.

Compre na loja da KABBALA ONLINE SHOP:

SOBRE O AUTOR:

Rabino Moshe Wisnefsky estudou ciência e música na UCLA e USC, e Torá nas yeshivas em Los Angeles, Kefar Chabad e Tzefat. Ele é um dos fundadores do Ascent Institute deTzefat e traduziu e editou uma série de trabalhos no campo do misticismo Judaico. Ele está continuando seus estudos em Jerusalém, onde ele mora com sua família.


[Resenha por Gilson Sasson]


sábado, 30 de setembro de 2017

O Remédio Perfeito



Inspirado pela Sabedoria de Rebbe Nachman

Por: Rabino Shalom Aruch

Muitos anos atrás, uma mulher veio a mim para ter orientação porque ela não tinha filhos. Ela me disse que tinha feito todo o possível - oração, arrependimento, dar caridade, sofrer tratamentos médicos e fazer mudanças na dieta, entre outros esquemas. Ela me disse que ela e seu marido estavam desanimados e perto do desespero. Deveria a salvação vir? Será que eles nunca mereceriam criar o seu próprio filho?

Eu disse a essa mulher que ela deveria abandonar todos esses "remédios". Ela deve até parar de rezar para ter crianças. Em vez disso, instruí-la a dedicar uma hora a cada dia a uma oração pessoal, agradecendo a Hashem. "Diga obrigado!" Eu aconselhei ela. "Diga a Hashem: "Obrigado, até agora, Tu não me deu filhos, porque certamente é o melhor e, certamente, esse é o caminho para eu alcançar a minha correção da alma".

Eu também disse a ela para agradecer a Hashem por cada criança nascida de uma amiga e trabalhar arduamente para aceitar tudo isso favoravelmente. "Sinta alegria genuína quando você ouve falar de outra mulher que deu à luz", eu instruí-la. Eu então disse a ela que toda vez que ela conseguisse sentir alegria, ela deveria adicionar seu próprio pedido pessoal: "Mestre do Universo, que seja Seu desejo que eu tenha filhos". Eu abençoei então que ela logo tenha seus próprios filhos. 

A mulher respondeu: "De que maneira é o seu conselho melhor que qualquer coisa que eu já fiz? Afinal, orei, chorei, implorei, me arrependi ..."

Eu respondi: "A diferença entre o que você fez até agora e o que eu lhe ensinei é expressar gratidão! Através da gratidão, você alcançará emuna. A gratidão é uma expressão de fé verdadeira de que tudo é para o bem e precisamente conforme para a vontade de Hashem sem erros. Expressar gratidão reflete sua emuna - você confia em que tudo está nas mãos de Hashem e a razão pela qual você ainda não teve filhos é porque esta é a vontade de Hashem ".

As mulheres sem filhos caem no desespero porque acreditam que, de acordo com as leis da natureza, elas não poderão ter filhos. A este respeito, o desespero significa que uma pessoa depende das circunstâncias e da natureza do que de Hashem. Essa pessoa culpa as causas externas e geralmente está brava com Hashem, chorando e chorando por ingratidão.

Somente através da gratidão, uma pessoa pode obter uma emuna completa.

Todas as tribulações que uma pessoa deve suportar durante sua vida são para o seu benefício eterno, e se alguém ponderar o verdadeiro propósito dessas provas, pode-se encontrar uma grande alegria nelas. Rebbe Nachman escreveu (Likutei Moharan, I:65): "Mesmo as aflições e tribulações que uma pessoa deve sofrer, se alguém as contemplar, verá que elas não são ruins, mas sim para seu benefício, porque elas são dadas a ele intencionalmente por Hashem para o seu próprio bem, para lembrá-lo de fazer teshuvá e se arrepender de seus pecados; Todo o seu sofrimento é apenas para o seu bem, pois eles são entregues por Hashem e Hashem é tudo bom. Portanto, se uma pessoa contempla as provações e tribulações que ele enfrenta, ele verá que o verdadeiro propósito desse sofrimento é para seu benefício, e ele perceberá que todo esse sofrimento é verdadeiramente inteiramente bom e ele será cheio de alegria para ver que, na verdade, não há maldade no mundo e tudo é bom ".

Ninguém quer sofrer. Mas, se enfrentarmos sofrimento em nossas vidas, então Rebbe Nachman explica que é tudo para nosso benefício final. O propósito das tribulações é nos aproximar de Hashem. O Rei David disse: "Mas, quanto a mim, a proximidade de D'us é minha bondade" (Salmos, 73).

Aquele que entende que o sofrimento é por seu benefício eterno evita tristeza e desespero; na verdade, ele poderá louvar sinceramente a Hashem e orar com seriedade. 


Alguém que não busca proximidade com Hashem não aceita alegremente qualquer coisa que ele perceba como sendo "ruim". No entanto, uma pessoa que anseia estar perto de Hashem percebe que tudo é resultado da Divina Providência e tudo se destina ao seu eterno benefício.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Anos que terminam em 8 - Carta de Jerusalém



Carta de Jerusalém por Avraham ben Yaakov.

Shalom novamente de Yerushalayim à medida que avançamos dia a dia no Ano Novo de 5778, que rezamos certamente será um Ano de Graça e Favor para nós e para todo o Israel.

A maioria dos principais acontecimentos da história de Israel ocorreu nos anos Judaicos que terminaram em 8. Então, o que está reservado neste 5778?

Enquanto nos preparamos agora para Yom Kippur, este Shabat que vem (e Yom Kippur no Shabat é ele mesmo supremamente exaltado), eu sinto que isso pode melhorar a sinceridade de nossas orações e penitências sobre este mais sagrado de todos os dias em nosso calendário, se nós teremos em mente o seguinte comentários do Rabino Mordechai Ganut, especialista contemporâneo destacado nas complexidades e mistérios do calendário da Torá e todos os fatores haláchicos, astronômicos e históricos relacionados, e autor-editor do calendário anual Hebraico e almanack, Davar Be-Ito:

"Uma vez a cada dez anos, temos o privilégio de um ano que termina no número oito. E se você perguntar: "Então, o quê?" O fato é que a grande maioria dos eventos notáveis que ocorreram na história do povo de Israel justamente ocorreu em anos cujo número termina em oito, traduzido em Hebraico pela letra Chet. É por isso que todos somos empolgados com emoção, uma vez mais entramos um ano que termina no número oito, e todos estamos rezando para que possamos ser dignos da chegada do nosso Mashiach Justo e Ungido "(Davar Be-Ito 5778 p. 110)

O Rabino Ganut continua a listar alguns dos principais eventos históricos que aconteceram nos anos que terminaram com o número oito. (Todos os anos Hebraicos dos eventos Bíblicos enumerados aqui são baseados no Midrash Seder Olam e derivam de cálculos exatos de todos os vários períodos de tempo dados em diferentes lugares ao longo do TaNaKh. Para converter qualquer ano Hebraico no ano secular correspondente, basta subtrair 3760 da data Hebraica em questão, com -minos anos sendo BCE)

Nascimento do patriarca Abraham 1948
Nascimento da matriarca Sarah 1958
Pacto entre as Partes 2018
Nascimento do patriarca Isaac 2048
Casamento de Isaac com Rebecca 2088
Nascimento do patriarca Jacob 2108
Morte do patriarca Isaac 2228
Descida de Jacó e seus filhos para o Egito 2238
Nascimento de Moisés, nosso professor 2368
Êxodo do Egito 2448
Outorga da Torá 2448
Morte de Moisés nosso professor 2488
Entrada de Israel na Terra de Israel sob Joshua 2488
Construção do Primeiro Templo 2928
Destruição do Primeiro Templo e Exílio para Babilônia 3338
Construção do Segundo Templo 3408
Exílio dos Sanhedrin de Jerusalém antes da Destruição do Segundo Templo 3788
Destruição do Segundo Templo 3828
Estabelecimento do Estado de Israel 5708

Muitas situações críticas estão se desenvolvendo rapidamente em todo o mundo, como a crise dos mísseis da Coréia do Norte, a raça Iraniana de armas nucleares e seu avanço para a Síria com o apoio da Rússia e da China, fala de possível aproximação entre alguns estados Árabes Sunitas e Israel, a demanda potencialmente explosiva dos Curdos para seu próprio estado independente, a crise dos migrantes na Europa e na América combinada com fendas e tensões crescentes e o anti-Semitismo crescente, disfarçado de anti-Sionismo em todo o mundo. Parece que temos todos os ingredientes para alguns desenvolvimentos muito importantes este ano! Apertem os cintos!

Abramos nossos corações e derrame nossas almas diante de D'us nestes preciosos dias de Teshuvá, e com Sua ajuda e misericórdia possamos ver a verdadeira redenção em nossos tempos!

Shanah Tovah UMevorechet! Tenha um Ano Novo bom e abençoado. G'mar Chatimah Tovah! Que você e todos os seus queridos sejam selados para sempre com toda a Casa de Israel.

Shalom de Jerusalém

Avraham ben Yaakov

sábado, 16 de setembro de 2017

Demônios sobre a terra



Demônios sobre a terra

Para denegrir demônios recite: Bíblia, Jeremias 10:11. Ensinado por Rabino Yeyuda Fetaya.


Há demônios entre nós ,que nosso Pai Celestial nos proteja. Eles não seguem a Lei dos Mandamentos e nem dos tribunais de justiça dos homens, é sério a situação, uma pessoa simples mas de bom coração pode sentir e ver isso. Você não precisa ter medo deles, "Ainda que eu siga pelo vale das sombras da morte, nada temerei, pois Tu estarás comigo". Seja um agente de Hashem, 'tu não és obrigado a completar o trabalho mas nem está livre de desistir disso. Avot 2:16. - siga em frente com os pés firmes no chão e olhando para Cima nas habitações Celestiais do Altíssimo. Gilson Sasson. Shalom.